Dupla é presa em Itajaí com R$ 700 mil desviados de banco

Publicado em 19/09/2017 às 14:25:18 - Atualizado em 19/09/2017 ás 14:25:18

Dois homens foram presos com R$ 700 mil em dinheiro saindo de uma agência bancária do Banco do Brasil em Itajaí na segunda-feira (18). O valor sacado havia sido desviado de contas bancárias, informou a Polícia Civil.

Os dois integram uma associação criminosa especializada em fraudes em bancos, suspeita de desviar R$ 13 milhões de contas bancárias, segundo a polícia.

Os dois já eram monitorados. No momento da abordagem, na saída da agência, R$ 600 mil estavam em uma mala e outros R$ 100 mil na cintura, dentro da calça, de um deles.

"Eram sete maços de R$ 100 mil, provavelmente não coube tudo na mala", disse o delegado Raphael Werling de Oliveira.

De acordo com a Divisão de Defraudações da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), um é corretor de imóveis e o outro empresário em Balneário Piçarras.

De acordo com as investigações, os homens, de 37 e 40 anos, fazem parte de um grupo criminoso especializado em fraudes contra instituições bancárias. Conforme o delegado Oliveira, o grupo é suspeito de fazer golpes interestaduais.

Para desviar o dinheiro, o grupo tem como integrantes hackers que acessam remotamente a rede de instituições bancárias, com um sistema que simulava um computador válido do banco.

Com isso, os suspeitos quebravam os sistemas de segurança e obtinham de informações e dados de transações. Os valores de outras contas eram redirecionados para membros da quadrilha.

Somente um dos investigados teve mais de R$ 1,4 milhão desviado de contas bancárias, informou a Polícia Civil. A polícia também investiga se há lavagem de dinheiro envolvendo o esquema e busca outros membros da organização.

Fonte/Foto: G1

Publicidade