Saber Planos

Investigação aponta cinco envolvidos no triplo homicídio em Quilombo, quinto suspeito esta foragido

Por Redação Chapecó Mais em 13/03/2021 às 15:38:15
Divulgação

Divulgação

Em entrevista coletiva realizada na tarde desta sexta-feira 12, a Policia Civil falou à imprensa regional sobre a investigação do triplo homicídio ocorrido em Quilombo. Segundo a Policia o inquérito foi concluído e agora segue para o Poder Judiciário.

O FATO:

Por volta da 00h30 do último sábado (30), numa propriedade privada localizada no Acesso Sul - Linha Pinhal, no município de Quilombo/SC, três homens, sendo dois de 19 e um de 16 anos de idade, foram vítimas de morte, e uma mulher, de 25 anos de idade, foi lesionada corporalmente. Todos se encontravam no local quando dois homens encapuzados chegaram gritando para que os presentes deitassem, ato contínuo ao qual passaram a efetuar disparos de arma de fogo. Um dos homens alvejados (de 19 anos de idade) foi a óbito ali mesmo, enquanto que as outras vítimas chegaram a ser socorridas e levadas para atendimento no Hospital São Bernardo, em Quilombo/SC, onde, logo depois, mais duas vieram a falecer. A mulher, que sofreu lesões corporais provocadas por estilhaços dos disparos, não corre risco de morte. Dois dos mortos eram de Coronel Freitas/SC, enquanto que o outro e a mulher lesionada corporalmente, de Quilombo/SC.

HABITAOESTE

A INVESTIGAÇÃO:

A investigação foi realizada pela Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de São Lourenço do Oeste (SC) com a participação também da DIC de Concórdia, do Gaeco de São Miguel do Oeste, Polícia Militar, Polícia Militar Rodoviária e Instituto Geral de Perícias.

As informações foram repassadas à imprensa pelo delegado regional de Polícia Civil, Wilherme Negrão, e o delegado da comarca, Roberto Fronza, deram detalhes do crime.

PRISÃO:

Estão presos quatro homens, de 27, 36, 20 e 24 anos. O quinto envolvido no crime está foragido. Os presos são de Irati (SC), Chapecó (SC) e Concórdia (SC). Todos os envolvidos têm passagens policiais por diversos crimes.

CONCLUSÃO DOS FATOS:

De acordo com as informações apontadas na coletiva de imprensa a arma utilizada no crime foi uma submetralhadora 9mm. Ainda, segundo as investigações o crime teria sido motivado por briga em as facções criminosas.

Edy Dan Amaral

Comunicar erro
anuncie aqui

Comentários

nespolo 3
Mahh - Marcela
MVA